E hoje começa mais uma viagem dos sonhos que foi decidida de última hora. Sempre quis conhecer o Canadá e essa vai ser a minha primeira vez no país. Vim contar como nos organizamos e as atrações que escolhemos visitar (e enquanto vocês estão lendo esse post, estou na estrada hehe).

Para começar, reservamos hotel pelo site Hotwire, que está se mostrando o mais barato toda vez que precisamos de carro e hotel. Como estamos com o orçamento curto, escolhemos o Quality Hotel & Suites Toronto Airport East, próximo ao aeroporto, que mostrou ter o melhor custo-benefício. Captura de tela 2016-08-20 13.39.26

Ou melhor, o site permite que você escolha a categoria do hotel por faixa de preço e localização, e  ele só desvenda o nome após a reserva. Não é um hotel novo, nem luxuoso, mas como a proposta é só dormir, ficamos na torcida por uma cama boa hehehe

No caso do carro funciona da mesma forma, você escolhe a categoria que deseja (no nosso caso escolhemos Corolla ou similiar) e só descobre a empresa após reserva e pagamento. Dessa vez foi a Hertz, mas já pegamos carro em outras e nunca tivemos problema com nenhuma.

E para finalizar os preparativos pré-viagem, compramos o citypass de Toronto, que custa em torno de $60 e te dá entrada para 5 atrações turísticas:cntower-gallery-couple 

CN Tower: uma torre que tem um observatório a 346 metros do chão. E como se não bastasse essa altura toda, o local ainda conta com piso de vidro. E nem preciso dizer o quanto estou ansiosa após a experiência fail no observatório de NY né?

casaloma-gallery-fountain

Casa Loma: é o único castelo da América do Norte, com passagens secretas, túneis, estábulos e exposição de carros clássicos dos anos 1900, sem contar os jardins enormes que poderemos visitar nessa época porque é verão por lá ❤rom-gallery-exterior

Royal Ontario Museum: no estilo do museu de história natural de NY, tem dinos, tudo sobre a história do Canadá, o antigo Egito, biodiversidade e etc.ripleysaq-gallery-dangerous-lagoon.jpg

Ripley’s Aquarium of Canada: com 16.000 animais, 100 telas interativas e três exposições para tocar nos animais (tubarões, arraias e caranguejos-ferraduras), tem o mais longo túnel de visualizações da América do norte. torontozoo-gallery-panda.jpg

Toronto Zoo OU Ontario Science Centre: como o museu de ciência possui atrações mais infantis, optamos em ir no zoológico. O zoo conta com 5000 animais e 450 espécies da África, Ásia, Austrália e da Tundra (bioma com baixa temperatura e estações de crescimento curtas, ou seja, de montanhas muito altas ou dos pólos).

Em relação ao Citypass, essas são as atrações inclusas. Aí essas próximas incluímos na viagem por conta própria após uma pesquisa rápida.

Tim Hortons: é a Starbucks canadense, já estou morrendo de vontade desse donut de Nutella.

FotorCreatedtim.jpg

Steam Whistle Tour: Cervejaria local que abre das 11 da manhã até 6 da tarde de segunda a sábado. Os tours acontecem a cada meia hora e possuem preços variados. O mais barato é $10 com uma amostra da cerveja, aí depois tem o de $15 que inclui um souvenir, $20 com uma caixa de 6 cervejas e $30 com uma caixa de 12 cervejas. Pelo que vi, o negócio é concorrido, pois quando fui olhar no site, quase todos os horários já estavam esgotados, então corri pra reservar 2 vagas. O site é esse aqui.

St. Lawrence Market: Um dos mercados públicos de Toronto, acreditamos ser um lugar bem legal para conhecer, tomar uma cervejinha e matar a fome hehehe

Bloor x Yonge: um dos cruzamentos mais famosos do centro da cidade. A Yonge é considerada uma das maiores ruas do mundo e possui lojas com preços mais acessíveis. Já a vizinha Bloor possui as lojas mais caras de Toronto. É na estação de metrô desse cruzamento que você tem acesso a Path, a cidade subterrânea com restaurantes e lojas.

Centre Island: a ilha central possui muitas atrações, principalmente no verão, quando o Centreville Park fica cheio de atrações, como carrossel, roda gigante, etc.

160601165800_Centre-Island-71027.jpg

Distillery District: é uma área residencial e comercial com muitos restaurantes, cafés, lojas, etc. Era onde funcionava a maior destilaria do mundo e foi super importante para o crescimento econômico do Canadá.

Dundas Square: é tipo a Times Square dos irmãos do norte hahaha Cheia de letreiros luminosos, lojas, artistas de rua, etc.

Eaton Centre: é um dos maiores shoppings do mundo e pelas fotos parece ser lindo! Precisa de mais algum motivo para visitá-lo? hehe

cq5dam.web.1280.1280

E aí, alguém já conhece Toronto? Alguma dica de onde não deixar de ir? Me escrevam nos comentários!

Anúncios

5 comentários em “Roteiro viagem: 4 dias em Toronto

  1. O High Park é parque enorme e lindo, muito bom de visitar no verão! A Universidade de Toronto também vale a pena visitar, tem prédios antigos muito bonitos 🙂
    Toronto é maravilhosa, aproveita muito!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s